SUV compacto da Suzuki tem preços entre R$ 103.990,00 e R$ 122.990,00

Estreia no Brasil a quarta geração do Jimny Sierra, SUV compacto 4×4 da Suzuki, que chega ao País em três versões, incluindo duas com câmbio automático: 4You MT, por R$ 103.990,00; 4You AT, R$ 111.990,00;  4Style, por R$ 122.990,00. O novo Jimny Sierra conviverá com a atual geração, que é produzida na fábrica da Suzuki Veículos em Catalão (GO). Segundo a Suzuki, o exterior foi desenhado para expressar a funcionalidade off-road em todos os detalhes. Desde o formato mais quadrado e sem muitos vincos até a variação de core. O power train é totalmente novo e traz motor 1.5L de 108cv e 14,1 kgf.m de torque, além da inédita opção de transmissão automática.

Externamente, o para-brisa e a coluna frontal estão em uma posição mais vertical. Já o capô é plano, evitando reflexos que possam atrapalhar a dirigibilidade. Para evitar batidas de pedras na carroceria, as molduras dos para-lamas são mais largas e vem com textura anti-risco, assim como os para-choques. Os vidros laterais são verticais para evitar acúmulo de lama ou água. Já o teto tem maior área e é equipado com calhas, que permitem a instalação de racks nas extremidades. Outra facilidade para o dia a dia é a abertura das portas em três estágios e com ângulo de 70º. Os faróis em LED tem regulagem automática de altura, o que melhora a iluminação em todos os tipos de terrenos. O sistema multimídia JBL tem tela touch screen de 7” com a praticidade dos sistemas Apple CarPlay e AndroidAuto e conectividade WiFi.

O interior prioriza a praticidade com materiais duráveis, fáceis de limpar e resistentes a riscos. Os clusters e console central se caracterizam por linhas horizontais que ajudam o motorista a reconhecer o ângulo que o veículo está em terrenos irregulares. Os controles estão em posições estratégicas e fáceis de operar mesmo em condição extremas. Já o painel de instrumentos é projetado para uma visão clara ao trafegar em terrenos muito iluminados ou áreas de sombra. O volante em couro é equipado com piloto automático, controles de áudio, piloto automático e o Speed Limiter, que facilita para andar nos grandes centros. Para um maior conforto, o Jimny Sierra vem com ar-condicionado digital automático.

Os bancos dianteiros são mais largos, tem maior absorção de impactos e maior curso nos trilhos, garantindo conforto e praticidade para todos os ocupantes. Pensado em todos os detalhes, este SUV tem a posição “flat bed” para os bancos, que torna o interior muito mais prático e espaçoso. A parte de trás dos bancos e o revestimento do porta-malas são feitos de material especial para facilitar a limpeza e a colocação de bagagens. Cinco ganchos para fixação de carga estão localizados nas duas laterais traseiras abaixo dos vidros para facilitar a colocação de todos os tipos de objetos.

A tração do Jimny Sierra é a AllGrip Pro com reduzida e função LSD. Além disso, traz controle de estabilidade (ESP), Hill Hold (assistente de partida em rampas) e Hill Descent (assistente de descida). O LSD detecta automaticamente as rodas que não estão em contato com o solo, redistribuindo o torque para as rodas do lado oposto, proporcionando a máxima performance off-road.

Cores – Mais do que agradar os clientes, as cores do Jimny Sierra foram desenvolvidas, segundo a marca, para destacar o veículo em condições climáticas adversas e/ou lugares inóspitos. Também foram pensadas para equipes de resgate e aventureiros que precisam ser notados enquanto viajam em locais de difícil acesso. Estas cores se misturam a cenários naturais como florestas e desertos, ajudando a camuflar guardas florestais ou aventureiros em áreas de camping. Ao todo, são oito cores disponíveis e algumas com a possibilidade de personalização do teto em preto: amarelo Kinetic, azul Brisk, bege Chiffon, branco Superior, cinza Medium, prata Silky, preto Bluish e verde Jungle.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Suzuki do Brasil / Imprensa
Fotos: Tom Papp e Cadu Rolim / Suzuki / Divulgação