Muscle Car da Chevrolet reforça a superesportividade com visual mais imponente, transmissão de 10 marchas e launch control

A Chevrolet apresentou esta semana o novo Camaro SS, que chega ao Brasil no primeiro trimestre do próximo ano com um design mais imponente, transmissão automática sequencial de 10 marchas além dos inéditos sistemas de controle de largada e de aquecimento de pneus traseiros. Outras importantes inovações que estreiam com o modelo são a terceira geração do multimídia MyLink e o retrovisor interno por câmera.

O Camaro 2019 estará disponível em duas opções de carroceria: cupê (com teto solar) e conversível. O motor é o potente 6.2 V8 de 461 cv e 62,9 kgfm de torque. O leque de cores inclui o azul Egípcio, o laranja Imperial e o amarelo Persa, além do branco Summit, preto Ouro Negro e vermelho Tinto. O preço ainda não foi revelado.

O Muscle Car da Chevrolet caracteriza-se pelo design mais imponente e esportivo. Na dianteira, essa percepção dá-se pelos novos faróis em Full LED, além do capô, grade e para-choque remodelados. Tudo isto agrega uma personalidade marcante ao veículo e antecipa a linguagem estética de futuros modelos da Chevrolet. Segundo a marca, os projetistas do Muscle Car usaram de criatividade para integrar os elementos através da profusão de formas, dimensões, materiais e cores. Buscou-se também evoluções aerodinâmicas – razão da gravata Chevrolet vazada.

O mesmo conceito de contemporaneidade foi aplicado na parte traseira. As lanternas, aliás, mostram a evolução do conceito “dual-element” da Chevrolet e harmonizam com o para-choque de linhas mais musculosas. Na lateral, o diferencial fica por conta das rodas de 20 polegadas. Enquanto no cupê elas trazem pintura acetinada, no conversível elas são pretas de alto brilho. O design também é diferente, o que contribui para diferenciar a identidade de cada versão.

Outro avanço está na nova transmissão automática sequencial de 10 marchas, que substitui a anterior, de oito. Mais tecnológica e eficiente, a AT10 otimiza os escalonamentos que tornam a condução do veículo ainda mais prazerosa. A relação entre as trocas são mais curtas e permitem que o motor trabalhe em giro otimizado, possibilitando a sensação de retomadas mais vigorosas. Outra vantagem são as trocas mais suaves e o ganho de eficiência energética em velocidades de cruzeiro, quando o motor V8 é capaz de desligar quatro cilindros para economizar combustível.

Com a nova transmissão, o Camaro 2019 ganhou a função de controle de largada, conhecido também como “launch control”, própria para autódromos. O mecanismo permite máxima aceleração para quem busca uma arrancada extremamente eficiente, permitindo que até mesmo motoristas menos experientes consigam desempenhar a manobra como pilotos profissionais. Para uma experiência diferenciada, o controle de largada pode ser customizado através da alteração da faixa de rotação do motor e da porcentagem de escorregamento das rodas. “Com a função devidamente selecionada no painel, é preciso usar os dois pés para iniciar o controle de largada. Enquanto o pé esquerdo no freio segura o carro, o pé direito no acelerador eleva o giro do motor. No momento em que um gráfico no quadro de instrumentos aponta o momento exato, basta liberar o freio para o carro partir como uma flecha”, descreve Fabiola Rogano, vice-presidente de Engenharia da GM.

O Camaro vem equipado com sistemas de alta performance, como a plataforma modular Alpha com 11 módulos independentes que otimizam a estrutura e a rigidez; distribuição igualitária de peso entre os eixos; carroceria com elevado índice de materiais de alta resistência e freios de competição com quatro pistões Brembo. Outro destaque é o avançado sistema de vetorização do torque (Torque Vectoring), que usa recursos do controle eletrônico de estabilidade para a máxima performance do carro em curvas, possibilitando que as rodas recebam quantidade distinta de torque, na medida exata para a otimização da tração. Já os pneus oferecerem o melhor desempenho tanto em piso seco como molhado, sendo mais largos atrás, onde concentra-se a tração. As medidas são 245/40 ZR20 (D) e 275/35 ZR20 (T). Por serem do tipo Run Flat, podem rodar emergencialmente mesmo furados.

O motor V8 de 461 cv do Camaro traz sistema de injeção direta de combustível e comando de válvulas continuamente variável, que aumenta a oferta de torque e potência dentro da faixa de rotação do motor. De acordo com dados da montadora, o Camaro é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos, enquanto a velocidade máxima é limitada eletronicamente em 290 km/h para o cupê.

Além do modo específico para Circuito, – que altera o comportamento também da rigidez da direção, atuação dos controles de estabilidade e de tração, mapeamento da transmissão e do motor – o condutor tem outras três opções, incluindo uma mais branda, ideal para um passeio com o carro icônico. Já a função de aquecimento de pneus permite que as rodas traseiras tracionem com o veículo parado. Para ser habilitada, uma sequência de comandos precisam ser acionados por segurança, como o volante centralizado.

Multimídia de terceira geração – Outra importante inovação da Chevrolet que estreia com o novo Camaro é a terceira geração do multimídia MyLink, que oferece uma experiência mais centrada nas necessidades do usuário. O equipamento adiciona, entre outros, tela de maior definição e resolução, microfone extra para melhor reconhecimento do sistema de comando de voz, integração com os comandos do ar-condicionado e possibilidade de atualização via Wi-Fi. Pelo multimídia é possível escolher a cor dos LEDs que decoram a cabine. São 24 combinações, incluindo agora 8 opções degradês. Vale ressaltar ainda a adoção do retrovisor central com câmera de ré para melhor visibilidade em manobras. Item muito útil em veículos esportivos com linha de cintura alta e teto baixo.

O Camaro também oferece muito conforto a bordo. Traz avançados recursos, como painel customizável, Heads-up Display, alto-falantes Bose, volante com aquecimento, bancos dianteiros com climatização e ajustes elétricos com memória para o do condutor, ar-condicionado dual zone, além de partida remota da ignição. No modelo conversível, a chave também pode comandar a abertura da capota, que é aberta completamente em 25 segundos. A operação também pode ser feita com o carro em movimento numa velocidade de até 50 km/h. O Camaro ainda traz um sistema de ressonadores que intensifica o ronco do som do motor dentro da cabine em giros mais altos – uma experiência única para os admiradores de carros esportivos.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: GM Mercosul / Imprensa
Fotos: Divulgação

 

 

Anúncios