Quem nunca passou por aquele momento na estrada em que as curvas começam a dar um enjoo – em especial as crianças? Atualmente, o enjoo aparece de outra forma também: ao tentar ler smartphones ou tablets no carro em movimento.  Estima-se que mais de 30 milhões de pessoas, apenas na Europa, sofrem com isso de forma crônica. Diante desta problemática, a Citroën criou o Seetroën, primeiros óculos desenvolvidos para eliminar o enjoo. O acessório funciona de acordo com um princípio simples: ele recria a linha do horizonte por meio de um líquido colorido para resolver o conflito sensorial.

De acordo com informações da marca francesa, o produto utiliza a tecnologia Boarding Ring, desenvolvida por uma startup francesa. O dispositivo, já patenteado e testado, tem uma taxa de eficiência de 95%. Graças ao líquido em movimento nos anéis dispostos ao redor dos olhos, no sentido frontal (direita/esquerda), mas também no sentido sagital (para frente/para trás), os óculos recriam a linha do horizonte para resolver o conflito sensorial que dá origem ao enjoo. A Citroën confiou o design ao 5.5, um estúdio de design coletivo parisiense. O resultado é um par de óculos com um visual high-tech, em plástico branco e toque macio.

Como os óculos funcionam? – O Seetroën é usado assim que aparecerem os primeiros sintomas. Entre 10 e 12 minutos depois, o dispositivo permite que a mente se ressincronize com o movimento percebido pelo ouvido interno, enquanto os olhos se mantem fixos em um objeto imóvel, como um smartphone ou um livro. Depois é só retirar os óculos e aproveite o resto da viagem. Utilizável para os adultos e crianças a partir dos 10 anos, os óculos não são equipados com lentes e podem ser compartilhados por todos os membros da família e colegas de viagem, além de permitir o uso, por cima, de óculos de grau. Disponível inicialmente para o mercado europeu, os óculos estão na loja online de lifestyle da marca (https://lifestyle.citroen.com/) pelo preço sugerido de € 99,00. Clique aqui e veja uma demonstração em vídeo.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Citroën do Brasil / Imprensa
Fotos: Divulgação

 

Anúncios