Conhecida por sua eficiência, a tecnologia LED requer atenção especial ao ser instalada nos faróis dos automóveis. São diversas as considerações que o consumidor deve levar em conta na hora de adquirir uma nova lâmpada em LED para os faróis do veículo para usufruir de todos os benefícios que o produto oferece. De acordo com a Lumileds Brasil, especializada em soluções de iluminação, o LED Philips chega em sua segunda geração para atender ao mercado brasileiro de reposição com excelência. “O processo de desenvolvimento do LED Philips é minucioso; requer projeção de luz nos pontos estratégicos, respeitando a linha de corte em harmonia com o conjunto ótico do veículo para não ofuscar a visão de quem trafega no sentido contrário e permitir com que o motorista enxergue melhor”, diz Juliana Gubel, gerente de Marketing da Lumileds Brasil.

A linha de corte da projeção de luz, determinada por normas internacionais e pela Resolução 227 do Código Brasileiro de Trânsito, também depende do equilíbrio na quantidade de lúmens, unidade de medida do fluxo luminoso. “Uma lâmpada em LED com valores acima de 3 mil lúmens dificilmente se enquadra nas normas. Acima deste valor, no processo de desenvolvimento do produto, é improvável a projeção correta da linha de corte”, alerta a gerente.

Por isso, a tecnologia LED para faróis automotivos, ainda sem regulamentação no País e comercializada sem o selo de segurança do Inmetro, pode ser o grande vilão quando o assunto é ofuscamento. Segundo Juliana Gubel, a lâmpada LED Philips, vendida no mercado brasileiro, foi submetida a testes em laboratório credenciado pelo Inmetro e aprovada nos faróis dos carros mais populares do Brasil. “A segunda geração do LED Philips para faróis chega nas versões H4 e H7, entregando ao usuário a segurança da projeção da luz que não ofusca a visão de outros condutores, além de estilo, melhor visibilidade e durabilidade’, completa.

Aderir ao LED Philips é contar com a máxima performance durante toda a vida útil da lâmpada, diferente da lâmpada halógena, que sofre desgaste do filamento reduzindo gradualmente a sua eficiência ao longo do tempo. O sistema inovador para dissipação de calor denominado AirFlux, tecnologia exclusiva, foi projetado no LED Philips sem o uso do cooler para reduzir a temperatura na região da base da lâmpada e evitar a perda de lúmens causada pelo superaquecimento. “A lâmpada que utiliza o cooler, normalmente tem a sua durabilidade reduzida”, afirma Gubel. Já o control box integrado facilita a instalação do LED Philips mesmo em faróis com espaços restritos. Aqui vale acrescentar que para instalar o produto da marca não é preciso qualquer modificação no veículo e/ou adaptação elétrica.

Linha LED Philips – Para contemplar o consumidor brasileiro com a qualidade e os benefícios da tecnologia, a marca ainda oferece ampla gama de produtos LED no mercado brasileiro: a linha de lâmpadas LED FOG Philips para faróis de neblina e as lâmpadas de sinalização LED Philips.

Em nova geração, a LED FOG Philips foi desenvolvida para substituir as lâmpadas halógenas originais H8, H11 e H16. Ao projetar 160% mais luminosidade quando comparada com uma lâmpada convencional, a LEG FOG Philips traz estilo inconfundível proporcionado pela luz branca de 6.200 K. Vale acrescentar que temperatura de uma lâmpada halógena original de fábrica é de 3.000 K. Enquanto a durabilidade de uma lâmpada convencional é de no máximo 2 anos, a da LED FOG Philips é de 8 anos, já que a tecnologia não sofre desgaste e funciona constantemente em sua máxima performance.

O objetivo do farol de neblina de iluminar o pavimento à frente do veículo com maior dispersão lateral e distância adequada é atingido com excelente performance quando dotado da tecnologia LED Philips. Quem opta por instalar o LED FOG Philips, além de contar com três anos de garantia contra defeitos de fabricação oferecida pela marca, dá um upgrade nos faróis de neblina que passam a ter um desempenho superior e visual mais moderno.

A linha de lâmpadas de sinalização em LED da Philips pode ser instalada nas luzes de seta, freio, ré, neblina, placa, luz interna, entre outras. A gama traz colorações âmbar, vermelho e branco em diversos modelos para atender o maior número aplicações. A linha de luzes de sinalização em LED da Philips se torna excelente escolha para um desempenho de longa duração. Todas versões oferecidas variam de acordo com o modelo do automóvel. Resistentes ao calor e à vibração, os LEDs da Philips atendem às normas de lâmpadas convencionais no País e já podem ser encontradas nas principais lojas de autopeças.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Textofinal de Comunicação Integrada / Imprensa
Fotos: Divulgação

 

 

 

 

Anúncios