A Cummins Inc. e a Anhui Jianghuai Automobile Group Co. Ltd. (JAC Motors) anunciaram nova joint venture com 50% de participação para cada uma das empresas após a Cummins adquirir metade da JAC-Navistar Diesel Engine Company (JND). “Estou satisfeito que a Cummins esteja expandindo o relacionamento de longo prazo com a JAC Motors, uma das mais respeitadas empresas automotivas da China. Ambas companhias compartilham valores similares e estão comprometidas em fornecer aos clientes as soluções de energia certas, no momento certo para potencializar o sucesso do seu negócio. Com a nova JV, vamos nos concentrar em nos tornarmos mais competitivos, desenvolvendo e oferecendo produtos de alta qualidade, limpos e com baixo consumo de combustível”, diz Steve Chapman, vice-presidente do Grupo Cummins para China e Rússia.

A nova joint venture continuará suas operações na fábrica em Hefei, na China. A Cummins atualmente fornece motores leves, médios e grandes à JAC Motors para o mercado doméstico na China, bem como para suas operações globais. A JV continuará oferecendo motores a diesel NS V, além de dedicar seus esforços no desenvolvimento de novos produtos que atendam aos padrões NS VI. “A parceria entre a JAC Motors e a Cummins é um progresso natural e bem sucedido após 20 anos de relacionamento e estamos entusiasmados com o potencial desta parceria. Ao integrar nossa experiência em equipamentos com as capacidades tecnológicas de força de classe mundial da Cummins, estamos confiantes de que temos a fórmula certa para um tremendo sucesso”, afirma Xiang Xingchu, gerente geral da JAC Motors.

A Cummins continua a ter uma parceria forte e de longo prazo com a Navistar. “Estamos orgulhosos do trabalho que realizamos por meio de nossa parceria com a JAC nos últimos cinco anos e acreditamos que essa estratégia é uma vitória para todas as partes”, comenta Persio Lisboa, Chief Operating Office da Navistar. A mudança de propriedade da joint venture está sujeita à aprovação regulatória e as operações devem começar após a conclusão de todas as aprovações.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Textofinal de Comunicação Integrada / Imprensa
Foto: Divulgação

 

Anúncios