No último dia 23 de março, a Volkswagen do Brasil completou 65 anos no País com muitos motivos para comemorar. A empresa festeja o nascimento de uma nova Volkswagen, muito mais próxima das pessoas, inovadora e desejada. Segunda a marca alemã, essa nova Volkswagen está investindo R$ 7 bilhões no desenvolvimento e lançamento de 20 novos veículos até 2020: é a maior ofensiva de produtos da história da Volkswagen do Brasil. Desses 20 produtos, três já foram lançados: o novo Polo e o Virtus, produzidos na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), e a Amarok V6, da Argentina. E na sexta-feira, 23, a Volkswagen revelou o 4º produto: o novo Tiguan, que chegará em abril, sendo o primeiro dos cinco SUVs que integram a ofensiva. Dos 20 modelos que serão lançados até 2020 na maior ofensiva de produtos da Marca Volkswagen, 13 serão produzidos no Brasil, dois produzidos na Argentina e cinco serão importados de outros países.

O novo Tiguan será fabricado na planta de Puebla, no México, e será comercializado no Brasil com opção de sete lugares (entre-eixos longo). Será o primeiro SUV da Volkswagen no Brasil com essa capacidade. Primeiro SUV à venda no Brasil fabricado sobre a Estratégia Modular MQB, o modelo será equipado exclusivamente com motores TSI, que combinam injeção direta de combustível e sobrealimentação por turbocompressor para entregar alto desempenho, baixo consumo de combustível e prazer ao dirigir.

A segunda geração do Tiguan tem um design completamente novo e traz novas soluções de espaço interno e recursos inovadores em sua categoria, para ser referência em tecnologia no segmento. “O Novo Tiguan é o primeiro SUV dos 5 que lançaremos até 2020 como parte da ofensiva de produtos da Nova Volkswagen. Todos os nossos lançamentos começam a gerar uma nova percepção sobre a marca Volkswagen. Nossos concessionários, por exemplo, começam a registrar um fluxo muito maior de clientes nas concessionárias, com impacto positivo também na venda de outros modelos Volkswagen”, afirmou Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen Região América do Sul e Brasil.

VW no Brasil – Maior fabricante e exportadora da história do setor automotivo nacional, a Volkswagen do Brasil também acaba de alcançar o marco de 23 milhões de veículos produzidos no País, conquistando clientes e fãs pela alta tecnologia, segurança, inovação e pioneirismo de seus produtos, como a tecnologia Total Flex (a qual permite abastecer o veículo com gasolina, etanol ou a mistura de ambos em qualquer proporção), que completa 15 anos. Do total de veículos produzidos, mais de 3,7 milhões foram exportados para 147 países, desde 1970, quando os embarques tiveram início.

O marco histórico de 23 milhões de veículos produzidos foi representado pelo sedã Volkswagen Virtus, na versão Highline 200 TSI, cor cinza Platinum, e celebrado no evento que reuniu 450 convidados na fábrica Anchieta nesta sexta-feira. Na ocasião, o presidente e CEO da Volkswagen Região América do Sul e Brasil, Pablo Di Si, e demais membros do Board da empresa receberam empregados convidados, autoridades, concessionários, representantes da Assobrav (Associação Brasileira de Distribuidores Volkswagen), frotistas, fornecedores, sindicalistas e fãs da Volkswagen. “O marco de 23 milhões de veículos produzidos reflete a sólida trajetória de sucesso da Volkswagen no Brasil. Somos uma empresa que participa da evolução do País e acredita nele, com nosso passado icônico e nosso presente e visão de futuro voltados para a alta tecnologia e inovação”, afirmou Pablo Di Si.

A Volkswagen do Brasil segue uma tendência de alta em suas vendas. Nos dois primeiros meses de 2018, a Volkswagen registrou aumento de 37% nas vendas no País, em comparação com o primeiro bimestre de 2017. Esse número é praticamente o dobro do registrado pelo mercado nacional de automóveis e comerciais leves (que cresceu 19%). É também o maior índice de crescimento entre as principais montadoras no Brasil nesse período.

Em 2017, a Volkswagen também teve desempenho em vendas no País e exportações acima do mercado. No Brasil, as vendas da Volkswagen cresceram 19% em 2017 (em comparação com 2016), enquanto o mercado de automóveis e comerciais leves cresceu 9%. No ano passado, a Volkswagen do Brasil registrou aumento de 52% em suas exportações (comparando com 2016), enquanto o mercado cresceu 48%.

Primeira fábrica fora da Alemanha – A história da Volkswagen do Brasil teve início em 23 de março de 1953 em um galpão no bairro do Ipiranga, em São Paulo, onde a empresa começou montando veículos com peças vindas da Alemanha. Primeiro foi o Fusca; depois, a Kombi. Mas o galpão era só o começo: o plano era muito maior. O Brasil foi o 1º País do mundo a receber uma fábrica da Volkswagen fora da Alemanha: a unidade Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), que começou a ser construída em 1955 em local estratégico, próximo ao mar, para facilitar as exportações.

Em 1957, a fábrica Anchieta iniciou sua produção, primeiramente com a Kombi, com 50% de componentes nacionais, índice que passaria a 95% em 1961. Depois, veio a produção do Fusca. A inauguração oficial da fábrica Anchieta, no entanto, ocorreu em 18 de novembro de 1959, quando o então Presidente da República, Juscelino Kubitschek, circulou a bordo de um Fusca conversível.

A partir daí, teve início a trajetória de sucesso, alta tecnologia, inovações e pioneirismos da Volkswagen do Brasil, que fez história, se tornou referência e revolucionou o setor automobilístico brasileiro. Atualmente, a fábrica Anchieta produz o Novo Polo, o Virtus e a picape Saveiro. Em 1976, a Volkswagen do Brasil iniciou as atividades da sua segunda fábrica no País, em Taubaté (SP), onde hoje são produzidos o up!, Gol e Voyage.

A fábrica de motores da Volkswagen do Brasil, em São Carlos (SP), iniciou suas atividades em outubro de 1996. Em janeiro de 1999, foi inaugurada a fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, uma das mais modernas do Grupo Volkswagen, onde atualmente são fabricados o Fox, Golf, Audi A3 sedã e Audi Q3.

Volkswagen do Brasil em números
65 anos de atividades no Brasil, desde 23 de março de 1953.
23 milhões de veículos produzidos no País.
Mais de 3,7 milhões de veículos exportados para 147 países, desde 1970 (quando tiveram início os embarques).
Mais de 10 milhões de motores produzidos em São Carlos.
Cerca de 520 concessionárias da Marca Volkswagen no Brasil.
4 fábricas no Brasil, sendo 3 de veículos (Anchieta, em São Bernardo do Campo – SP; Taubaté – SP e São José dos Pinhais – PR) e 1 de motores (São Carlos – SP).
51 anos na liderança de vendas no Brasil (24 anos com o Fusca; 27 anos com o Gol).
Mais de 3 milhões de pessoas beneficiadas em projetos de Educação e Desenvolvimento Social da Fundação Volkswagen.
44 anos de referência em ensino e qualificação no Centro de Formação Profissional Volkswagen SENAI, na fábrica Anchieta, com mais de 6.500 alunos formados.

 

 

 

 

 

 

Fonte: O Brasil Sobre Rodas / Volkswagen do Brasil
Fotos: Divulgação

Anúncios